Regulamento

 A seleção de jovens para ingresso como aprendiz de ourives, biojoias e design será feita em parceria com a Aruc – Associação Recreativa e Cultural Unidos do Cruzeiro e Agência do Trabalhador Agência Plano Piloto II – Atendimento à Pessoa com Deficiência em conjunto com a comunidade, para jovens de ambos os sexos.

A capacidade da Oficina será de 08 (oito) aprendizes por turno, (08 pela manhã e 08 pela tarde, totalizando 16 alunos) sendo garantidas 50% das vagas (08 vagas) para o sexo feminino. Oitenta por cento (80%) das vagas da turma será constituída, preferencialmente, por jovens que façam parte de famílias menos favorecidas.

A escolha destes deficientes (surdos) será feita apostando em qualidades que lhes sejam inerentes, como uma excepcional capacidade de concentração. A ciência provou que seus outros sentidos ficam mais aguçados e que desde o nascimento as pessoas surdas podem ser capazes de transferir a área do cérebro usada para ouvir e para impulsionar a visão. Tais qualidades são altamente desejáveis para a confecção de joias e biojoias.

Como critérios para a seleção serão considerados então:

a) Ser portador de deficiência auditiva;

b) Ser conhecedor e fazer uso da linguagem de sinais (LIBRAS);

c) Ser oriundo (a) de família de baixa renda;

d) Ser alfabetizado (a);

e) Ter vontade de aprender e de participar de vida em grupo;

f) Ser maior de 16 anos e menor que 29 anos.

Grade horária:

Curso de quatro meses

Este projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio a Cultura do Distrito Federal

Apoio

%d blogueiros gostam disto: